Receitas com Mel de Cana

Editado em Outubro de 2008 pela Fábrica de Mel de Cana do Ribeiro Sêco de Vasco Melim, Lda., com uma tiragem de 2 500 exemplares na sua primeira edição. Esta publicação de 185 páginas, com um grafismo muito apelativo e magnificamente ilustrado, apresenta-nos 61 receitas, onde o mel de cana da Madeira é o ‘actor principal’. A parte inicial da obra dedica um capítulo sobre a história da cana-de-açúcar na Madeira, bem como a génese do Engenho do Ribeiro Sêco em 1883, levada a cabo por Aluísio César de Betencourt, e a sua evolução até aos dias de hoje, como Fábrica de Mel de Cana do Ribeiro Sêco. Cabe aqui referir que, ao longo dos tempos, a empresa tem-se mantido na mesma família do fundador.
A TRADIÇÃO RENOVA-SE Há um ano, quando abordei o mel de cana neste espaço, escrevi que era fundamental que a restauração e a hotelaria da Região continuassem a inovar e a aproveitar as potencialidades deste transformado. Só assim é que se aumenta o seu consumo, garantindo, dessa forma, um maior rendimento para os agricultores que se dedicam ao cultivo da cana doce.
O livro ‘Receitas com Mel de Cana’, que é fruto de uma parceria entre um chefe de cozinha e uma empresa transformadora do sector, é um excelente exemplo dessa criação. Nas seis dezenas de receitas, é notório que Octávio Freitas teve o cuidado de incluir produtos agrícolas regionais de excelência, como a banana, a anona, o maracujá, a castanha, a batata doce, o inhame e a frescura das nossas ervas aromáticas. Com o mel de cana omnipresente nos pratos de entrada, de peixe, de carne, de sobremesa, de doçaria e bebidas, este Chefe de Cozinha descobre novas iguarias e novos hábitos de consumo deste derivado da cana sacarina, contribuindo assim para a renovação da gastronomia tradicional madeirense.